Priscila Loch
Tubarão

O fim de semana foi dramático para a seleção catarinense sub-17 de basquete, mas também de muita felicidade. O grupo conquistou o posto de vice-campeão brasileiro da categoria. O treinador tubaronense Luiz Ernani Buerger, convocado para ser assistente técnico, recebeu a medalha das mãos da ex-jogadora Janete, hoje técnica da seleção brasileira sub-15.

O 33º Campeonato Brasileiro Sub-17 Especial começou na última terça-feira, em Matinhos (PR), e Santa Catarina conquistou vaga na semifinal ao vencer Pernambuco (80 a 30), Mato Grosso (68 a 30) e Rio de Janeiro (54 a 53). Sábado, foi a vez de encarar os anfitriões. O jogo contra o Paraná foi emocionante.

“Jogamos muito mal no primeiro tempo e fomos derrotados por 12 pontos. No intervalo do jogo, mudamos a defesa e a postura da nossa seleção. Voltamos para o segundo tempo com muita raça, união e superação “, relata Ernani. O placar foi revertido e, a 17 segundos do fim da partida, a seleção catarinense conseguiu os dois pontos fundamentais para vencer por 56 a 54.

A festa foi grande, e as jogadoras catarinenses não mediram esforços para enfrentar o time mais forte de toda a competição na final. Afinal, São Paulo havia levado o título 29 vezes. “Perdemos a final para a fortíssima seleção de São Paulo, com nove jogadores na seleção brasileira. Mas estamos muito orgulhosos do trabalho que fizemos”, comemora o orgulhoso Ernani. O placar final ficou em 80 a 47 (44 a 8 no primeiro tempo).