São Ludgero

A bocha rafa vollo masculina foi a modalidade que mais cresceu em número de municípios inscritos este ano nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em disputa em Brusque até este sábado.
Com a mudança da regra e do piso das canchas, as inscrições este ano passaram de 100, o que gerou, a exemplo do futsal, mais uma divisão para o quadro esportivo do próximo ano, a Divisão Especial.

Rafael Vanz Borges, de São Ludgero, foi contratado para defender as cores de Florianópolis nos Jasc. O atleta tem um vasto currículo de participações nacionais e internacionais. Ainda este ano, Rafael vai a Roma, na Itália, onde defenderá o Brasil no Campeonato Mundial de Seleções.

Rafael começou a jogar com 12 anos, quando acompanhava o seu pai no Clube Recreativo Floresta, em Videira. Ele já representou Braço do Norte e São Ludgero em outras edições do maior evento esportivo do estado. Atualmente, o bochófilo treina e representa a Sociedade Esporte e Recreativa São Ludgero.
Este ano, foi campeão da 24ª Taça Brasil de Clubes Campeões, principal evento da Confederação Brasileira de Bocha e Bolão, e no ano passado foi campeão brasileiro com a seleção catarinense.

Rafael tem no currículo quatro medalhas internacionais. Uma de bronze, do Mundial de Seleções em Chiasso, na Suíça, em 2003; ouro no Mundial de Clubes em 2006, em Montenegro-RS; prata, no Mundial de Seleções em Passo Fundo-RS, em 2007; e bronze, no World Games, em Kaosheing, Taiwan.