O Peixe trabalha pensando no jogo de domingo, contra o Camboriú
O Peixe trabalha pensando no jogo de domingo, contra o Camboriú

 

Thiago Oliveira
Tubarão
 
A boa fase do time animou os torcedores do Atlético Tubarão. Em três jogos no returno, a equipe venceu dois e empatou um, permanecendo na vice-liderança da segunda fase da Divisão Especial do Campeonato Catarinense.
 
“Acredito que o Atlético Tubarão vem muito bem neste segundo turno. As vitórias estão vindo e o time está diferente daquele do primeiro turno, está mais entrosado, e os jogadores estão cobrando uns dos outros dentro de campo, coisa que não víamos no turno”, afirmou a torcedora Débora Botega, que chega a viajar com o pai e o irmão para conferir os jogos do Peixe fora de Tubarão.
 
O técnico Fernando Lessa afirma que a empolgação dos torcedores não entra em campo. “Está todo mundo concentrado, com os pés no chão, voltados para o que foi combinado. Sabemos que nenhum jogo é fácil. Não teve desrespeito contra o Caxias e, em casa, contra o Camboriú, vai ser com o mesmo respeito”, garante.
 
O treinador é considerado o principal responsável pela nova postura do time. “Na minha opinião, o time está tendo um melhor rendimento e pode-se associar isso à efetivação do Lessa como treinador, o que os próprios jogadores queriam. Ele está com o time antes mesmo do campeonato começar e conhece muito bem cada peça da equipe”, analisa Débora.
 
Sobre a campanha do time, Lessa define como boa, mas espera que continue no mesmo ritmo. “Só podemos dizer que a campanha é realmente boa depois da sexta rodada. Temos sete pontos em três jogos. Se nos próximos três jogos conseguirmos mais sete pontos, vamos confirmar o bom momento”, conclui o treinador.
 
Terceira vitória seguida do Leão passa pelo Paraná
Após chegar à sua segunda vitória seguida no returno da Divisão Especial, o Hercílio Luz busca voos mais altos. Na quinta posição da competição, com os meus seis pontos do quarto colocado, 15 de Outubro, o Leão atravessará as fronteiras do estado para tentar conseguir o terceiro triunfo consecutivo e entrar de vez no G4.
 
A equipe do técnico Joceli dos Santos percorrerá aproximadamente 460 quilômetros até União da Vitória, cidade paranaense que faz divisa com Santa Catarina, para enfrentar o Porto.
 
O jogo é considerado vital para o Leão do Sul, já que o adversário possui o mesmo número de pontos, e uma derrota pode complicar a equipe tubaronense no campeonato.
 
E, se dentro das quatro linhas a equipe prepara-se para o jogo, nos bastidores, a direção também trabalha, e muito. Depois da chegada do goleiro Juliano, emprestado pela Chapecoense, o gerente de futebol do Leão, Márcio Azevedo, busca no mínimo um atacante e um meia para reforçar o elenco. Segundo o dirigente, a procura por reforços se dá pelo número alto de lesões e punições que têm dificultado a escalação da equipe.