Shenzhen, China

Durou pouco o reinado de Jéssica Bate-Estaca no peso-palha (até 52kg) do Ultimate. Neste sábado, na luta principal do UFC Shenzhen, a brasileira foi atropelada por Weili Zhang e perdeu por nocaute técnico em apenas 42 segundos de combate. A chinesa é a primeira lutadora da história do país a ser campeã da organização e alcançou sua 20ª vitória consecutiva, sendo a quarta na companhia.

“Muito obrigada, estou muito orgulhosa de ser chinesa. Quero muito agradecer ao meu país. Da última vez que estive aqui eu me comprometi a ser a primeira campeã chinesa do UFC e agora eu consegui”, afirmou Zhang.

Jéssica, que vinha de quatro vitórias seguidas, sendo a última em maio deste ano, quando ganhou o cinturão de Rose Namajunas, mostrou tranquilidade no octógono e pediu revanche.

“Estou muito feliz por estar na China, sei exatamente o que ela está passando porque foi a mesma sensação que eu tive quando eu lutei e ganhei no Brasil. Não lutei como queria hoje, mas ficaria muito feliz se ela me desse a revanche. Pode ser na China, no Brasil, nos EUA, que vou estar muito feliz. Cada luta é uma luta, esse é meu estilo, infelizmente não foi meu dia, eu sei que está na mão de Deus e ele sabe das coisas”, declarou.

A luta

Não teve tempo de estudo. As duas foram para a trocação franca logo no início, e Zhang foi quem encaixou os golpes com mais precisão. Um deles fez Jéssica balançar e buscar o clinche. A chinesa não deu tempo para a campeã respirar, trabalhou joelhadas duras e fez a brasileira recuar. A desafiante foi para cima disparando socos, fez Bate-Estaca cair e só parou na interrupção do árbitro central decretando seu título.

UFC Shenzhen

31 de agosto, na China

CARD PRINCIPAL:

Weili Zhang venceu Jéssica Bate-Estaca por nocaute técnico aos 42s do R1

Li Jingliang venceu Elizeu Capoeira por nocaute técnico aos 4m51s do R3

Kai Kara-France venceu Mark de la Rosa por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

Kenan Song venceu Derrick Krantz por decisão unânime (triplo 29-28)

Mizuki Inoue venceu Wu Yanan por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

CARD PRELIMINAR:

Anthony Hernandez venceu Jun Yong Park por finalização aos 4m39s do R2

Su Mudaerji venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-25)

Da Un Jung venceu Khadis Ibragimov por finalização aos 2m do R3

Damir Ismagulov venceu Thiago Moisés por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27)

Heili Alateng venceu Batgerel Danaa por decisão unânime (triplo 29-27)

Karol Rosa venceu Lara Procópio por decisão dividida (28-29, 30-27 e 29-28)