Priscila Loch
Tubarão

Um novo rumo pode ser dado hoje à história do Atlético Tubarão. A partir das 19h30min, os conselheiros tentarão aclamar por consenso uma nova diretoria. A situação é bastante complexa. Até porque, além dos salários atrasados (cerca de R$ 70 mil), o clube nem quadro social possuía – pelo menos até a noite de ontem, quando desportistas da cidade reuniram-se para nomear conselheiros.

“O quadro é bem limitado. Afinal, até então, à frente do clube era só o Clovis (Damaceno Paz – presidente do Atlético). Mas vai dar tudo certo, tenho certeza”, declara o presidente da Associação Amigos do Esporte Tubaronense (Asamet), Pedro Almeida. “Vamos tentar chegar a uma diretoria de consenso para começar a remontar o clube”, acrescenta Clovis.

Até ontem, o assunto ‘nova diretoria’ era mantido no mais absoluto sigilo, com apenas algumas ‘dicas’ do que ocorrerá hoje. A grande expectativa é que o cargo de presidente seja ocupado pelo secretário executivo da Amurel, Jorge Leonardo Nesi, e o de vice pelo técnico do Show do Esporte, Rafael Menegaz.

Nardo já admitiu diversas vezes ter recebido o convite, porém, não adiantou se aceitaria. Já Rafael, contou ter sido convidado por Nardo para compor a diretoria, mas não confirmou o cargo de vice. “Fui convidado sim a fazer parte. O clube é viável, mas, para isso, é preciso saber o tamanho da dívida”, afirma Rafael, lembrando que uma das exigências do secretário da Amurel para aceitar o desafio sempre foi ter em mãos um relatório de dívidas contraídas.

Sede da associação
A Associação Amigos do Esporte Tubaronense agora tem sede. Fica em uma sala cedida pelo Supermercado Althoff. No local, será possível tornar-se sócio e aderir a outras formas de auxílio ao clube.