Marco Antonio Mendes
Tubarão

Atlético Tubarão ou Cidade Azul? Obviamente, você já deve ter ouvido ou lido os dois nomes que se referem ao time que representa a cidade no Campeonato Catarinense da Divisão Principal. Esta é uma questão que pode até confundir os torcedores menos ligados ao Estadual.
Mas vamos lembrar como tudo começou. Em Tubarão, existiam dois clubes de futebol com grande expressão no cenário catarinense. Hercílio Luz Futebol Clube e Esporte Clube Ferroviário. Na década de 90, buscando maior apelo popular, o Ferroviário mudou a sua denominação para Tubarão Futebol Clube, o que incluiu diversos títulos e, também, uma união com o Leão do Sul.

Por problemas financeiros e uma dívida milionária, os dirigentes do Tubarão resolveram licenciar-se dos campeonatos da Federação Catarinense de Futebol (FCF). Impedido de retornar pelos débitos, foi criado um terceiro clube, a Associação Cultural Recreativa Esportiva Cidade Azul, ou simplesmente Cidade Azul.
“O time disputou o campeonato da segunda divisão no ano passado. Só que os torcedores não se identificavam com o nome do clube. Começamos a fazer uma campanha, então, para que todos falassem Atlético Tubarão e, de certa forma, deu certo”, lembra o comentarista esportivo Antonio Rodrigues, colunista do Notisul.
Mas o nome Cidade Azul continua registrado na FCF e a mídia nacional utiliza a denominação oficial, por isso que grande parte dos sites, jornais, rádios e televisões não anunciam Atlético Tubarão.

Conforme o presidente Pedro Almeida, esta é uma questão que é resolvida. “Acredito que, nas próximas semanas, o nome do clube já estará alterado. Tivemos que encontrar diversos documentos e pagar algumas taxas para isso. Assim, passaremos a nos chamar oficialmente Clube Atlético Tubarão”, diz.
Segundo Pedro, esta é uma forma de a população tubaronense identificar-se com o time. “Queremos uma equipe que represente a cidade, que vista as cores do nosso município, por isso que tem que ter o nome de Tubarão”.