Equipe Impacto/FME de Tubarão busca novas vagas na seleção brasileira e pódios na competição nacional

Londrina (PR)

Desde ontem, Londrina é uma das sedes de karatê no país, da disputa da Seletiva Nacional 2 e do Campeonato Brasileiro – Etapa Paraná. O município recebeu mais de 500 atletas que buscam o seu lugar no pódio. A equipe Impacto/FME de Tubarão encara os dois desafios nacionais preparada e confiante. Nos dois primeiros dias, seis atletas tubaronenses disputam vaga na seleção brasileira, feito conquistado em sete categorias na primeira seletiva.
“Esperamos classificar pelo menos mais três atletas para a seleção do país. Neste evento participam os nossos karatecas que não conseguiram a classificação na Seletiva Nacional 1 e estou muito confiante, pois todos evoluíram muito”, observa o técnico Fabricio de Souza.
Já no Brasileiro, 16 atletas disputam por medalhas. Entre eles a pequena Laura Candido Hanel, de 7 anos. A atual campeã brasileira e catarinense da Série A, que treina desde os 4 anos e nesta edição do evento subirá de categoria.
“Espero ir bem, colocar em prática tudo o que foi treinado e as instruções passadas pelos senseis Márcia e Fabricio”, conta a atleta, que faz aulas nas segundas e quartas-feiras, além de treinos específicos para competições nas terças e sextas-feiras.
O Brasileiro será disputado por karatecas que não participaram da primeira etapa da competição. Em Caruaru, em Pernambuco, todos os representantes da Impacto/FME de Tubarão garantiram classificação para a etapa final. Santa Catarina tem a maior delegação do Brasileiro, com 315 karatecas. Ao todo, estão inscritos no evento 585 atletas, representando 15 estados.
A equipe Impacto conta com o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte.