No acesso à Série A, ele foi um dos grandes destaques da equipe

Tubarão

O volante Matheus Barbosa passou por um dos momentos mais delicados da carreira no dia 1º de fevereiro de 2016. Titular do Atlético Tubarão, ele estava muito bem no duelo contra a Chapecoense pela segunda rodada do Campeonato Catarinense. Porém, numa dividida com um jogador da Chape acabou tendo uma grave lesão no joelho.

Após um exame mais preciso foi diagnosticado que Matheus teve rupturas do ligamento cruzado anterior, parcial do ligamento cruzado posterior e parcial do ligamento colateral medial. Por isso, teve que ser submetido a um procedimento cirúrgico. O tempo previsto de recuperação repassado pelos médicos do clube é de seis meses.

Na última semana, o jogador deu um passo importante no processo de recuperação. Como deu tudo certo na cirurgia, o volante iniciou o trabalho de fisioterapia. Apesar das dificuldades, ele comemora a evolução no tratamento, inclusive nesta segunda-feira (20) retirou os pontos do procedimento.

“Os primeiros dias são sempre os mais complicados. Junto com o fisioterapeuta estou tentando dobrar o joelho aos poucos, mas feliz com a pequena evolução que venho tendo dia após dia. São dois períodos diários de fisioterapia. Pela manhã drenagem e à tarde trabalhos mais fortes, principalmente no sentido de dobrar a perna. No próximo dia 28 já vou retirar a imobilização”, explicou o jogador de 22 anos.

Desde 2016 no Atlético Tubarão, quando conquistou o acesso à Série A do Catarinense, Matheus Barbosa reforça a confiança na permanência do Peixe na elite do estadual. “Peço ao nosso torcedor que continue apoiando. Temos um grupo de muita qualidade. Tenho certeza que vamos reverter essa situação e vamos dar muitas alegrias ainda para nossa torcida. Trata-se de um projeto sério que merece ser recompensado com bom resultado em campo para dar sequência ao trabalho”, finalizou.