Catarinense Tomas Hermes arrepiando. Sloone/WSl/Divulgação
Catarinense Tomas Hermes arrepiando. Sloone/WSl/Divulgação

Gold Coast, Austrália 

O único catarinense que venceu na terceira fase do Quiksilver Pro Gold Coast foi Tomas Hermes. Estreante na elite mundial, Tomas competiu de forma inteligente e optou por escolher as ondas intermediárias, desferindo boas rasgadas nas paredes de Snapper para bater o californiano Kolohe Andino. No round 2, Tomas havia eliminado o francês Joan Duru. A direção da prova pretende finalizar essa primeira etapa do Circuito Mundial 2018 hoje mesmo.

Até o fechamento do Notisul de hoje, com a competição rolando na Austrália, o time brasileiro ainda contava com Felipe Toledo, Adriano de Souza e Michael Rodrigues. O Catarinense Willian Cardoso caiu diante do australiano Owen Wright no primeiro confronto de ontem. Defensor do título da etapa, Owen escolheu muito bem as séries e dificultou bastante as ações do brasileiro.

O jovem catarinense Yago Dora, estreante na elite do surfe mundial, não achou boas ondas na repescagem e foi batido pelo americano Conner Coffin por 12,20 a 10,60. A chamada para o dia final do Quiksilver Pro Gold Coast será às 18h45 de hoje.