Bananinha integra a criançada e participa da inclusão do autista  -  Foto:João Batista Coelho Junior/Divulgação/Notisul
Bananinha integra a criançada e participa da inclusão do autista - Foto:João Batista Coelho Junior/Divulgação/Notisul

Imbituba

Surfe e autismo combinam. E essa nova forma de interação, diversão, esporte e terapia iniciou nesta sexta-feira, na Praia do Porto, em Imbituba, em uma parceria entre a Associação dos Amigos dos Autistas de Imbituba (Amai) e a escolinha de surfe do Bananinha. O que se viu na água foram muitas emoções, sorrisos e o principal, a inclusão social com o Projeto Onda Azul.

Com a ajuda de diversos voluntários, várias crianças e jovens autistas entraram na água para uma experiência diferente, ao lado dos pais e profissionais da associação, que acompanharam todo o trabalho. “Na associação já atendemos crianças autistas há muitos anos e esse envolvimento da água com o esporte só traz resultados positivos”, garante Leandro Elias, o Bananinha, responsável por um grande projeto social na praia e agora junto à família azul.

Para a mãe de um autista e também presidente da Amai, Rita Hipólito, a emoção foi impossível de ser contida ao ver seu filho Gabriel, de apenas 11 anos, no mar em cima de uma prancha, além de vários pais e filhos se divertindo. “É impossível expressar o tamanho da nossa satisfação, da emoção em ver essas crianças e jovens realizando os seus sonhos, e a alegria de todos em estar aqui, se divertirem e ajudar nesse processo de desenvolvimento”, salienta Rita.

Antes de todos irem para a água, uma capacitação conscientizou sobre o trabalho, os cuidados e benefícios. O objetivo é promover a ação durante o verão pelo menos uma vez por semana. “Só temos a agradecer ao Bananinha pelo empenho e dedicação pela nossa causa, pois com muito esforço estamos lutando a cada dia pelo bem do autismo, e todo esse trabalho de inclusão e aprendizado junto às famílias, com experiências únicas”, agradece a integrante da associação, Simone Hipólito.