Tubarão

Na decisão da Série B do Campeonato Catarinense, ontem, no Estádio Domingos Silveira Gonzales, o Atlético Tubarão venceu o Almirante Barroso por 1 a 0, com gol de Brasão no primeiro tempo, mas não conseguiu reverter a desvantagem do primeiro jogo. A equipe ainda teve duas bolas na trave durante a partida. O Peixe foi o time que mais somou pontos na competição. Ao todo, foram 44 conquistados nos 20 jogos disputados. Agora, o grupo entra em férias e se reapresenta no início de janeiro para dar início à pré-temporada visando a Série A do Campeonato Catarinense de 2017.

Mesmo com a derrota, o Almirante Barroso, de Itajaí, é o campeão do Campeonato Catarinense da Série B. Os dois times estão garantidos na elite do futebol catarinense de 2017. No primeiro jogo decisivo, disputado em Itajaí, o Barroso venceu por 3 a 1 e ficou com o título já que no “placar agregado”, o resultado final ficou 3 x 2.

Um ótimo público compareceu no Domingos Silveira Gonzales. Brasão terminou a competição como artilheiro da Série B, com 13 gols. Caso o Atlético Tubarão tivesse vencido por dois gols de diferença, seria o campeão, já que teve melhor campanha em todo a competição. E a chance do gol do título terminou nas mãos do goleiro Rodolfo, que fez uma grande defesa aos 39 minutos do segundo tempo em uma cabeçada de Brasão. O ex-goleiro Renê Marques, que teve destaque no Grêmio Barueri e Bahia-BA, foi o treinador do Almirante Barroso em toda a Série B, enquanto que Marcelo Mabília, ex-meia de grandes times, e um dos destaques do grande Tubarão Futebol Clube dos fins dos anos de 1990, comandou o Tricolor da Vila nesta temporada.

Colombiano Rentería é o 1º reforço do Peixe
Rentería (foto) agora é do Atlético Tubarão. A temporada 2017 já está em planejamento no clube, e o colombiano foi o primeiro reforço apresentado ontem. O atacante retorna ao Brasil para a sua quarta passagem: jogou no Internacional, onde conquistou a Libertadores em 2006, no Atlético-MG e Santos, onde ganhou o Campeonato Paulista. Além disso, ele também atuou na Europa e na seleção colombiana. Aos 31 anos, o jogador acreditou no projeto do Peixe e está animado para disputar o Campeonato Catarinense no próximo ano. 

“O presidente me apresentou um grande projeto, agradeço a ele pela oportunidade. Acredito no que vai ser feito, por isso voltei ao Brasil e vim para Tubarão. Espero ajudar a equipe e retribuir essa confiança da melhor maneira. Vim aqui para dar minha parcela de contribuição. Vi o jogo hoje, sei que temos uma grande equipe e que vamos lutar por bons resultados”, exalta o atleta.

Além dos títulos conquistados no Brasil, o colombiano foi campeão português e da Copa Portugal pelo Porto e venceu o Sul-Americano Sub-20 com a Colômbia. Ele também foi o artilheiro da Sul-Americana de 2012 pelo Millonarios. O presidente do Clube Atlético Tubarão Sociedade de Propósito Específico (SPE), Luiz Henrique Martins Ribeiro (foto), celebrou a contratação do atacante e acredita que ele trará a experiência que o grupo precisa para as competições de 2017.

“Foi uma contratação importante. Ele tinha outras propostas, até com ofertas financeiras maiores, mas escolheu o nosso projeto. Isso nos deixa muito orgulhosos, pois mostra que o trabalho é bem feito. É um jogador de muita qualidade, com experiência internacional, que vai ajudar dentro e fora de campo. Ele vem para reforçar um grupo muito bom”, pretende o dirigente.


C.A. Tubarão/Divulgação/Notisul