Para conter a velocidade da disseminação do coronavírus, o que se tem recomendado é que as pessoas fiquem mais em suas casas e evitem aglomerações. Shoppings, restaurantes, bares e lojas foram fechados recentemente. Academias também estão com os seus horários de funcionamento suspensos. Com o ambiente fechado e repleto de aparelhos compartilhados estes locais podem facilitar a contaminação. No entanto, o que se poder ver é que muitos neste período tem aproveitado e realizado os seus treinos ao ar livre.

A prática de exercícios físicos ao ar livre sempre foi uma recomendação geral dos médicos, a medida se torna ainda mais importante durante a pandemia. As atividades físicas, especialmente em ambientes abertos, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, o que faz com o que o corpo produza respostas mais rápidas e eficazes a organismos invasores, caso do Covid-19.

A equipe de reportagem do Notisul buscou contato com a Polícia Militar de Tubarão, que destacou, que neste caso implica no direito de ir e vir sendo que não há toque de recolher. De acordo com o diretor da Guarda Municipal da Cidade Azul, Joelson da Silva Mendes, a prática de exercício ao ar livre não é proibida, mas a aglomeração de pessoas neste período não deve ocorrer. “ Os hábitos de vida saudável devem ser seguidos a todo momento. Porém, as pessoas não devem ficar aglomeradas. Temos feito um trabalho de apoio na cidade e buscamos orientar as pessoas para realizarem aquio que é correto”, enfatiza.

O ideal, nessas ocasiões de pandemia é que as pessoas se exercitem em casa. Ou, enquanto sair à rua não for proibido, como ocorreu em países como Itália e Espanha, que façam atividades físicas ao ar livre, sozinhas, e mantendo pelo menos dois metros de distância das outras pessoas

No Estado não há nenhuma recomendação para interromper os exercícios físicos,  deve-se manter a saúde e os hábitos saudáveis principalmente neste momento. No entanto, conforme o médico infectologista Rogério Sobrozza, a prática esportiva deve ser de forma consciente. “No Estado não estão recomendando que não se faça exercícios. De forma responsável pode-se realizar a atividade. Em horário alternativo não vejo problema”, pontua.

É preciso, no entanto, tomar cuidado com a intensidade e o volume dos exercícios durante períodos como atuais, já que o excesso de esforço pode acabar com efeito contrário e ocasionando um enfraquecimento do sistema imunológico. Por fim, se você gosta muito de praticar atividade física e não quer parar de se exercitar, o melhor é investir em treinos que podem ser realizados em casa.