A vendedora Mariléia Ataíde Floriano, da loja Morena Raiz, mostra os casacos que ainda estão nos cabides. Empresário torcem para a chegada do frio para esvaziar os estoques.
A vendedora Mariléia Ataíde Floriano, da loja Morena Raiz, mostra os casacos que ainda estão nos cabides. Empresário torcem para a chegada do frio para esvaziar os estoques.

Angelica Brunatto
Tubarão

Junho já bate à porta, mas o friozinho ainda está tímido. O veranico parece que veio para ficar. Este comportamento do tempo também influencia nas vendas do comércio.
Em Tubarão, por exemplo, os empresários observaram uma queda de 20% na procura pelos produtos de inverno.

Na loja Morena Raiz, de Tubarão, os clientes deixaram de procurar os casacos pesados para comprar as roupas de meia estação. “No começo deste mês, vendíamos uma média de quatro casacos por dia. Hoje é dois e olhe lá. O que as pessoas ainda procuram são os casacos de couro, mas porque está na moda e não pelo frio”, revela a vendedora Mariléia Ataíde Floriano.

O que foi sentido na Morena Raiz pode ser observado também em outras lojas da cidade. Houve uma aquecida nas vendas apenas no começo deste mês. “Foi justamente quando o frio apareceu. Mas, com a volta do calor, as pessoas esqueceram da coleção de inverno”, lamenta o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão, Felipe Antunes Nascimento.

Apesar disso, as vendas neste fim de mês não devem ficar no vermelho. “Vamos fechar o período de forma positiva, especialmente por conta do Dia das Mães”, avalia. A estimativa do setor é de que os estoques, ainda cheios, acabem com a volta do frio, o que é previsto para a próxima semana.

E por falar em tempo…

Esta semana iniciou, mais uma vez, com calor. Ontem, a temperatura máxima do dia em Tubarão foi de 31,7ºC, conforme a estação meteorológica Plantar Agronomia, instalada na Vila Moema. Porém, o frio deve surgir nos próximos dias. Uma frente fria deve chegar a Santa Catarina ainda hoje, vinda do Rio Grande do Sul.

A previsão inicial é que amanhã, o sol deve dar espaço à chuva, e o calor começa a ir embora. Mas o tempo chuvoso não deve permanecer por muitos dias. Já nesta quinta-feira, uma massa de ar seco e frio avança pelo Rio Grande do Sul e traz o sol de volta para a região sul. E quem ainda não tirou as blusas, casacos e meias quentes do armário, deve se apressar.
As temperaturas começam a diminuir gradativamente a partir da próxima semana. Os termômetros devem marcar números baixos, especialmente nas áreas mais altas do estado.