Capivari de Baixo

Servidores públicos e funcionários Admitidos em Caráter Temporário (ACTs)  da prefeitura de Capivari de Baixo mais uma vez reclamam da falta de pagamentos. Os vencimentos deveriam ter sido quitados na última quinta-feira, porém até as 17 horas de ontem, o montante ainda não estava na conta dos trabalhadores.

Conforme o prefeito Moacir Rabelo (sem partido), tudo está em dia. “Não há atrasos. Quitamos os salários hoje (ontem) e na semana passada foi paga a metade do 13º a todos. Estamos honrando com os nossos compromissos e os salários estão sempre em dia”, relata Moacir.

Por outro lado, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Tubarão e Capivari de Baixo (Sintermut), Laura Oppa, conta que o pagamento não foi efetuado. “Nos informaram que até amanhã (hoje) irão pagar os valores, entretanto se o montante não aparecer na conta dos trabalhadores no início da manhã,  os professores farão a operação tartaruga nas escolas. Já comunicamos os pais e responsáveis, e a saída a princípio é esta”, lamenta Laura.

Desde novembro do ano passado, os funcionários da prefeitura amargaram muitos problemas: salários atrasados, vales-transporte descontados, mas não repassados, e naquele ano a incerteza do pagamento do 13º (quitado com atraso). “Infelizmente a história se repete e quem paga a conta é o trabalhador”, enfatiza a presidente do Sintermut.