Ao todo, serão 1.064 vagas distribuídas no centro de Tubarão.
Ao todo, serão 1.064 vagas distribuídas no centro de Tubarão.

Karen Novochadlo
Tubarão

A Área Azul, em Tubarão, pode entrar em funcionamento até o fim de maio. A previsão é da secretaria de meios e suprimentos. Isto dependerá do número de recursos impetrados pelas empresas concorrentes, após o período de licitação.

O edital será lançado nesta segunda-feira. Como o Notisul já havia antecipado, ao todo, serão cinco anos de concessão, que poderão ser renovados por mais cinco. O número de vagas foi ampliado para 1.064 no centro. O bairro de Oficinas não será contemplado ainda, mas existem planos para que o sistema rotativo seja estendido até a rua Altamiro Guimarães.

Para a avaliação das empresas, serão fornecidas duas notas: uma para a proposta técnica, que se refere ao modo operacional, com peso 6 e outra com peso 4, para o preço. Este refere-se à quantia repassada à prefeitura mensalmente.
A abertura dos envelopes das empresas que participam da concorrência será no dia 18 de abril, a partir das 14 horas, na secretaria de meios e suprimentos da prefeitura. Depois, as empresas terão prazo para recurso.

O sistema continuará a funcionar por meio de parquímetros. A meta é que seja instalado um equipamento a cada duas vagas. Também não haverá mais tempo de tolerância. Mas nada para se assustar, os motoristas pagarão apenas o que usufruírem, como um sistema de crédito pré-pago.
A autuação dos estacionamentos irregulares será realizada pela Guarda Municipal. O valor da multa será de R$ 53,20 e acarretará no acúmulo de três pontos na carteira. A infração é considerada leve.

Área Azul l O antigo sistema
♦ O contrato da Área Azul foi rescindido com a empresa Caiuá Assessoria, Consultoria e Planejamento, de Joinville, em setembro do ano passado.
♦ As principais reclamações da população eram os avisos de irregularidade aplicados por monitoras do estacionamento rotativo.
♦ Estas notificações foram suspensas no dia 4 de fevereiro do ano passado, através de uma ação civil pública proposta pela promotoria de justiça do Ministério Público de Tubarão.