Silvia espera que a contratação por experiência se transforme em permanente nos próximos meses.
Silvia espera que a contratação por experiência se transforme em permanente nos próximos meses.

Karen Novochadlo
Tubarão

Duzentas e trinta e oito vagas de emprego foram criadas no último mês em Tubarão. Mais do que o dobro de setembro, quando foram apenas 99 vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

O setor de comércio e de serviços puxaram o índice para cima, com, respectivamente, 143 e 114 postos. Uma das vagas foi para a vendedora Silvia Silvério, da loja Dellas, que foi contratada por experiência, mas acredita que será definitivo. “Já me falaram que gostam do meu trabalho”, explica orgulhosa.
Para o secretário de desenvolvimento econômico da prefeitura, Celso Meneghel, o resultado foi excelente. “Isto mostra que Tubarão está crescendo, principalmente no setor de serviços. Quanto ao comércio, já esperávamos este resultado por causa das contratações para as vendas de Natal”, pontua Celso.

Na construção civil, foram fechados 40 postos de emprego. Na indústria da transformação, foram criados 25.
No ano, foram criados 1.741 novos postos. E, em 12 meses, 1.503. Em comparação com outubro do ano passado, foram 17 vagas a mais – 221 vagas em 2010.

Laguna e Imbituba com saldo positivo

Os reflexos da aproximação do verão são positivos em Imbituba e Laguna. As duas cidades tiveram o saldo de geração de empregos positivo no último mês. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Na Cidade de Anita, surgiram 41 vagas. Os setores que mais cresceram foram o comércio, com 19, e a construção civil, com 11. No ano, foram fechadas 13 vagas.
“Nosso desafio é manter o número de empregos fora da temporada. Estamos desenvolvendo o loteamento empresarial Santa Clara, localizado entre a praia do Sol e Bentos, com esta finalidade”, explica o secretário de desenvolvimento econômico e social da prefeitura, Natanael Wisintainer.

Em Imbituba, foram criados 49 postos de emprego, com destaque para a construção civil com 23 e o comércio com 31. No ano, foram geradas 65 vagas.