Amanda Menger
Tubarão

Os deputados federais e senadores catarinenses concordaram em votar uma emenda conjunta sobre a rodovia Serramar, no orçamento da União de 2010. A proposta inicial era destinar R$ 6 milhões para a conclusão do projeto. Lideranças de Tubarão sugeriram o aumento de recursos para R$ 20 milhões destinados já para a execução da obra.

“O projeto de pavimentação entre Pedras Grandes e Orleans está pronto. O trecho entre Tubarão e Laguna, pela rodovia Ageu Medeiros, já está com o projeto praticamente pronto, e a parte de Laguna o prefeito Célio Antônio (PT) comprometeu-se em fazer. Assim, não tem por que destinar R$ 6 milhões para o projeto, precisamos começar a obra de uma vez”, argumenta o prefeito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), que em novembro liderou uma comitiva que levou a proposta ao Fórum Parlamentar Catarinense.

Depois de confirmada a inclusão da emenda coletiva no orçamento, uma parte dos recursos será destinada à adaptação do projeto feito pelo estado (entre Pedras Grande e Orleans) ao conceito Serramar. “A sinalização é diferente, voltada ao turismo, com paradouros e outros detalhes. Claro que R$ 20 milhões não é suficiente para fazer os três trechos, mas já dá para começar a obra. O governo do estado garantiu que usará recursos do financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) 5 para a pavimentação de Pedras Grandes a Orleans”, explica Manoel.

O Congresso Nacional entrará em recesso amanhã, mas isso não está vinculado à votação do orçamento. Isso significa que os parlamentares podem entrar em ‘férias’ e não apreciar o projeto. O orçamento de 2008, por exemplo, só foi aprovado em março de 2008. Na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2010 do estado, a rubrica para este projeto é de R$ 15 mil.