Esta é a quinta vez neste ano que a rodovia é interditada  -  Foto:Stéphanie Piava/Divulgação/Notisul
Esta é a quinta vez neste ano que a rodovia é interditada - Foto:Stéphanie Piava/Divulgação/Notisul

Orleans

Preocupados com os escorregamentos constantes de terras e pedras às margens da rodovia SC-390 devido às chuvas, o prefeito de Orleans, Marco Antônio Bertoncini Cascaes (PSD), reuniu-se com representantes de órgãos de segurança para encontrar uma solução sobre os riscos de acidentes no local. A SC-390 liga os municípios de Orleans e Pedras Grandes, e recebe um grande fluxo de veículos diariamente.

Conforme o coordenador da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, o perigo de desmoronamento será maior nos próximos dias. “Está muito perigoso transitar pela rodovia. Em dois pontos, um na entrada de Orleans e o outro próximo a entrada em Pindotiba. Foram feitas análises com um geólogo e foram encontradas rachaduras em pontos mais altos. Os barrancos podem cair a qualquer momento”, esclarece.

A rodovia ficará interditada a partir de hoje. “Temos que evitar que o pior ocorra. A nossa orientação é que os motoristas utilizem a margem direita, ela está em boas condições de tráfego. A SC-390 é de responsabilidade do Deinfra, e todos estamos aflitos com esta situação”, declara o prefeito Marco.

A pista ficou interditada por 80 dias e no último dia 6, foi liberada. Parte da Rodovia Serramar, que liga Pedras Grandes a Orleans pela SC-390, estava liberada em meia pista. Com 16,75 quilômetros, o trajeto faz parte de uma importante ligação que impulsionará várias atividades na região quando pronta.