Deputados catarinenses conversaram com o ministro dos transportes, Paulo Sérgio Passos, sobre a situação da BR-101. Foto: Franciele Fernandes/Divulgação/Notisul
Deputados catarinenses conversaram com o ministro dos transportes, Paulo Sérgio Passos, sobre a situação da BR-101. Foto: Franciele Fernandes/Divulgação/Notisul

Angelica Brunatto
Laguna

A “novela” da ponte sobre o canal de Laranjeiras, na comunidade de Cabeçuda, em Laguna, está prestes a ter um fim. A decisão, que agora é presidencial, deve ocorrer em, no máximo, uma semana.
Pelo menos essa é a promessa do ministro dos transportes, Paulo Sérgio Passos. A afirmação foi feita em reunião, na noite de ontem, com os deputados catarinenses e o secretário de infraestrutura do estado, Valdir Cobalchini.

Na ocasião, o deputado federal Ronado Benedet (PMDB) entregou um ofício ao ministro, indagando quando será realizado o encontro com a presidenta Dilma Rousseff (PT).
Para a felicidade dos deputados, Passos afirmou que os ministros devem reunir-se hoje com a presidenta. O ministro dos transportes prometeu levar a situação da duplicação da BR-101 sul ao conhecimento de Dilma.

Na última quinta-feira, os deputados da Frente Parlamentar em Defesa da Conclusão das obras da BR-101 sul estiveram reunidos com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Ernesto Fraxe. Na reunião, Fraxe afirmou que o valor da ponte de Cabeçudas (R$ 597.190.345,20) é bastante elevado, e por isso é necessário aval presidencial.
Os deputados da Frente Parlamentar estão confiantes. Eles não esperam que haja uma resposta negativa. Porém, caso venha, eles pretendem buscar apoio aos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, além de outras autoridades catarinenses.