Rafael Andrade
Tubarão

A restituição para quem pagou o concurso público para a prefeitura de Tubarão tem, segundo o secretário de Gestão, Ricardo Alves, uma logística bem simples. Quando? Esta ainda é uma resposta que ninguém sabe, nem representantes do poder público municipal tubaronense ou do Instituto O Barriga-Verde (IoBV), que atuou na organização do certame, pois nenhum dos dois órgãos foi comunicado oficialmente.

Esta questão esteve entre as principais discussões ontem nas redes sociais, por exemplo, já que 4.875 pessoas pagaram inscrição para o concurso, suspenso pelo judiciário por meio de liminar despachada nesta terça-feira pelo juiz Rodrigo Fagundes Mourão. A decisão pegou muita gente de surpresa – nem tanto, pois inúmeras irregularidades foram apontadas pelo então vereador Nilton de Campos (PSD), que assumiu a Agência de Desenvolvimento Regional ontem -, já que as provas ocorreriam daqui a dez dias.