Laguna

O Mercado Público, a Praça de Anita e o Cine Mussi foram alguns prédios históricos visitados pela presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Borgéa, ontem, em Laguna, como parte de uma vistoria das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas, do governo federal.

O prefeito Everaldo dos Santos acompanhou a diretoria do Iphan por um tour nos pontos turísticos e agradeceu ao apoio. “O Mercado Público é o coração do Centro Histórico e precisa ser finalizado. Voltamos de Brasília, há poucos dias, com a informação de que, agora, a situação será solucionada”, destaca. “Um lugar desses, com uma vista assim, é privilegiado. É onde mostra-se qual o patrimônio cultural e gastronômico de cada cidade. O turista gosta muito disso”, elogia Kátia.

Somente no Mercado Público, os investimentos do PAC somam R$ 4 milhões. Os recursos vêm do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), por meio da Lei Rouanet. A comitiva conheceu, ainda, a revitalização da rua Raulino Horn.