Amanda Menger
Tubarão

O resultado das urnas modifica drasticamente o cenário político da região. Em 19 municípios (17 da Amurel, mais Garopaba e Orleans), a maioria dos atuais prefeitos é filiada ao PP. Em 2009, o quadro muda para o PMDB. De 11, o número de progressistas passa para cinco.

O partido hoje está à frente de Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Garopaba, Jaguaruna, Pedras Grandes, Sangão, Santa Rosa de Lima, São Martinho, Treze de Maio e Orleans.
Com o resultado, continuará com as prefeituras de Sangão, Santa Rosa de Lima, Treze de Maio e Orleans e conquistou Rio Fortuna, hoje com o PMDB.

Os peemedebistas conquistaram em 2004 três prefeituras: Gravatal, Rio Fortuna e São Ludgero. A partir de janeiro, serão oito prefeitos com a assinatura do PMDB: Braço do Norte, Capivari de Baixo, Gravatal, Grão-Pará, Jaguaruna, São Ludgero, Garopaba e Pedras Grandes.
Para o prefeito reeleito de São Ludgero, Ademir Gesing (PMDB), o partido sai fortalecido desta eleição. “Ganhamos algumas prefeituras importantes. Será um reforço na disputa para o governo do estado em 2010”, avalia.

O PSDB também cresceu. De dois prefeitos, passará a três. Mantém-se à frente das prefeituras de Tubarão e Imbituba e ainda conquistou Armazém, que antes era do PP. O prefeito eleito de Tubarão, o tucano Manoel Bertoncini, comemora o resultado do partido. “O PSDB ganhou espaço. Além de Tubarão, continuamos com Imbituba e ainda conquistamos Armazém e Criciúma, com Clésio Salvaro. Com certeza, poderemos ter candidato próprio em 2010”, avalia.

Outro partido que ‘ganhou’ mais cidades para comandar foi o Democratas. Antes, o partido tinha apenas Grão-Pará. Com a votação de ontem, a sigla perde este município para o PMDB, mas conquista Imaruí e São Martinho. É também do DEM a única mulher a ser eleita prefeita nesta eleição: Leonete Back Loffi, de São Martinho. O Partido dos Trabalhadores mantém-se no comando de Laguna, com Célio Antônio, reeleito. O PDT, contudo, perdeu a única prefeitura que possuía: Imaruí.

Sete candidatos são reeleitos na Amurel
Dos 45 candidatos a prefeito que concorreram em 19 municípios, 11 deles disputaram a reeleição. Destes, sete foram reconduzidos ao cargo.
Disputaram a reeleição: Antônio Mauro Eduardo (PP), em Sangão; Rudinei Fernandes (PMDB), em Gravatal; Célio Antônio (PT), em Laguna; Marcos Tibúrcio (PP), em Jaguaruna; Moacir Rabelo (PP), em Capivari de Baixo; José Roberto Martins, o Beto (PSDB), em Imbituba; Arilton Francisconi Candido, o Xela (PP), em Treze de Maio; Neri Vandresen (PMDB), em Rio Fortuna; Celso Heidemann (PP), em Santa Rosa de Lima, e Luiz Carlos da Silva (PP), em Garopaba. Não foram reeleitos Moacir Rabelo, Neri Vandressen, Luiz Carlos da Silva e Marcos Tibúrcio.