Cristiano Carrador
Tubarão

A segunda pesquisa para prefeito de Tubarão publicada pelo Notisul de maio para cá mostra uma virada do candidato Manoel Bertoncini (PSDB). Pelos dados coletados quinta-feira, 625 entrevistas, a análise mais atual da eleição, Manoel aparece com 53,1% das citações na estimulada, Genésio Goulart (PMDB) com 22,9% e Olavio Falchetti (PT) com 8,6%.

Na primeira pesquisa publicada pelo Notisul, em 17 de maio, Genésio tinha 55,2%, Manoel 20,6% e Olavio, 4,5% (veja o gráfico na página 4). Eram pré-candidatos. Na avaliação desta quinta-feira, também no quadro estimulado, com os nomes dos candidatos, 12,2% declararam-se indecisos, 3,2% responderam a opção nenhum: branco ou nulo.

Nas citações espontâneas, quando o eleitor não é informado sobre os candidatos, a diferença entre Manoel e Genésio ficou em 25,8%. Se a eleição fosse quinta-feira, votariam no tucano 46,4%, no peemedebista, 20,6%. Em Olavio, 6,7%. Do total, 21,6% estão indecisos, 4,2% votariam em branco ou anulariam e 0,5% citaram o atual prefeito Carlos Stüpp (PSDB), que não pode disputar a eleição, cumpre o segundo mandato.

Maioria afirma que não muda mais a sua escolha
A pesquisa questionou também se o eleitor mudaria de voto até o dia da eleição. Do total, 62,9% responderam não, outros 36,2% admitem a possibilidade e 1% não sabe.

Um outro item também chama a atenção: 50,9% acreditam que Manoel Bertoncini (PSDB) ganhará a eleição, 25% apostam em Genésio Goulart (PMDB), 2,9% responderam Olavio Falchetti (PT) e 21,3% não sabem. O número dos que podem mudar o voto é maior do que a diferença entre Manoel e Genésio nas citações estimuladas. O número de indecisos varia entre 12,2% na estimulada e 21,6% na espontânea.

Comparações com a primeira pesquisa
Os dados do primeiro quadro ao lado mostram como estavam as intenções de votos dos três candidatos em 17 de maio, na primeira pesquisa publicada pelo Notisul, e as apuradas nesta quinta-feira. É preciso levar em conta o fato de que, na primeira, outros nomes foram citados na estimulada, por serem declarados pré-candidatos, condição de todos na época.

Apareceram Pepê Collaço (PP) com 3,2%, Reneuza Borba (PTB) com 2,4% e Léo Rosa de Andrade (PPS) com 1,6%. Pepê foi escolhido candidato a vice-prefeito de Manoel Bertoncini (PSDB). Reneuza e Léo Rosa são candidatos à câmara de vereadores.

No segundo gráfico, a intenção de voto nos três candidatos de agora, números desta quinta-feira, apontam os dados por bairros, o que serve para definir estratégias e ações como onde é necessário trabalhar mais.
Cabos eleitorais e candidatos a vereador também podem observar como estão os seus candidatos. As entrevistas foram divididas por bairros proporcionalmente ao número de eleitores de cada um.

Informações legais
A lei 9.504, de 30 de setembro de 1997, e a resolução 22.623/2007, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determina a publicação dos seguintes dados em pesquisas a serem publicadas por veículos de comunicação: os dados foram coletados dia 4 de setembro de 2008, quinta-feira.

A margem de erro máxima é de 4% para mais ou para menos. Foram 625 entrevistas, feitas com critério científico pelo Instituto de Pesquisa Catarinense LTDA (IPC) e contratadas pelo Notisul. Protocolada na 33ª zona eleitoral, em Tubarão, sob o número 90.253/2008 e registrada com o número 307/2008 no dia 1º de setembro.

Confira todos os gráficos e matérias na edição impressa.