Dono de peixaria, Lindorfo Coelho conta que no Mercado Público as vendas já foram melhores.
Dono de peixaria, Lindorfo Coelho conta que no Mercado Público as vendas já foram melhores.

Karen Novochadlo
Tubarão

A passagem de ano é geralmente repleta de rituais. Uma delas refere-se ao consumo de carne no Réveillon. Segundo as crendices, as aves devem ser evitadas. Em contrapartida, cresce a demanda por peixes e porcos.
 

Na peixaria Lili, em Tubarão, a venda de peixes e frutos do mar cresceu entre 30 e 40% neste fim de ano em comparação aos meses anteriores. A procura é maior por camarão e iscas de peixe. Também aumentou a busca por bacalhau, salmão e filé.
A representante comercial Cristiane Menezes, 48 anos, trocou o peixe pelo camarão e churrasco para receber os amigos. “O peixe foi no Natal”, relata.
 

Contudo, encontrar peixe fresco é difícil nesta época. Os funcionários das embarcações entram em recesso no período festivo. No Mercado Público, somente na próxima semana chegarão mais produtos.
 

“Nós só temos congelados por enquanto”, conta Lindorfo Coelho, 72, proprietário da peixaria homônima. Para ele, as vendas foram melhores em outros anos. “Aqui, tudo fica parado neste período”, afirma.
Para encontrar peixe fresco, somente nas praias, e de pescadores que usam pequenas redes.

Condições sanitárias
Os consumidores devem ficar atentos ao estado do peixe e do estabelecimento antes de efetuar a compra. “Se o peixe estiver fresco, as pessoas devem ficar atentas para ver se apresenta boas condições. A escama tem que estar firme e os olhos brilhantes”, orienta o coordenador da Vigilância Sanitária, Elias Antônio Gonçalves. Os peixes congelados têm que estar protegidos por uma camada de gelo, equivalente a 30% do peso.
 

Quando o produto vier embalado, precisa ter selo do sistema de inspeção sanitária municipal (SIM), estadual (SIE) ou federal (SIF). O estabelecimento também deve ser credenciado pela Vigilância Sanitária. Também precisa estar em bom estado. O funcionário que manusear o peixe deve usar uniforme, avental, boné e calçados fechados.