Amanda Menger
Tubarão

Do pacote de obras anunciado pelo prefeito Carlos Stüpp (PSDB) no início de janeiro, com 23 ruas, foram incluídas outras 18. Destas, cinco ficarão para o próximo ano, 33 foram concluídas e outras três estão em obras. Como o trabalho é feito por empresas vencedoras de licitações, a expectativa é que o serviço tenha continuidade nos próximos dias.

“As ruas Pio XII, Germano Kuerten e Luiz Magalhães Medeiros precisam apenas da capa asfáltica e isso tem que ser feito logo. As empresas podem fazer este trabalho nesta quarta-feira, ou ainda na próxima semana”, relata o engenheiro da secretaria de planejamento da prefeitura, Antônio Carlos dos Santos, o Caíto.
Duas vias foram concluídas nesta terça-feira: a Cândido Freire Leão (do Posto Texaco) e a Otto Feuerschuette (da câmara de vereadores), ambas na Vila Moema. As duas vias fazem parte do anel viário e, com a pavimentação da Pedro Zapellini, desafogarão o trânsito. “Só faltará pintar a sinalização das ruas. A capa asfáltica já foi concluída”, afirma o secretário de desenvolvimento urbano da prefeitura, Anselmo de Bonna Melo.

Segundo Anselmo, o trabalho só não rendeu mais por causa das chuvas. “Se não tivesse chovido tanto de julho para cá, poderíamos ter terminado tudo. Quatro ruas nem chegamos a mexer, como é o caso da Felipe Schmidt (da prefeitura), Porto Alegre (em Termas da Guarda), Coronel Martins Cabral (do posto Golfinho) e a Padre Dionísio da Cunha Laudt (ao lado da Unisul). Já a Pedro Zapellini, retorna os trabalhos no dia 5 de janeiro”, adianta o secretário de desenvolvimento urbano. A pavimentação das 43 vias soma 30 quilômetros de ruas pavimentadas com asfaltos em Tubarão e um investimento superior a R$ 7 milhões.

Ruas do ‘pacotão’ em Tubarão
1 – Treze de Maio (bairro Fábio Silva);
2 – 27 de Maio (no centro);
3 – Anita Garibaldi (rua transversal à funerária Santa Rita, conhecida como a ‘rua da toca’, no centro);
4 – Avenida Rodovalho (rua da Caixa Econômica Federal do centro).
5 – Canadá (a principal rua do bairro Passagem).
6 – Coronel Martins Cabral (rua do Posto Golfinho, em Humaitá – ficou para 2009).
7 – Conselheiro Mafra (desde a avenida Marcolino Martins Cabral até o Fórum).
8 – Eugênia dos Reis Perito (antiga rua Chile).
9 – Germano Kuerten (paralela a Coronel Martins Cabral – Humaitá de Cima – em obras);
10- Luiz Magalhães Menezes (Humaitá de Cima – em obras).
11- Felipe Schimidt (rua da prefeitura, no centro – 2009).
12- Pio XII (transversal à Padre Geraldo Spettman, próximo à rodoviária; em obras).
13- Porto Alegre (Termas da Guarda – 2009).
14- João Adolfo Corrêa (Estrada Geral do Passo do Gado, próximo a ponte do Andrino ).
15 – Jaime Aguiar de Souza (bairro Humaitá );
16 – José Amâncio Gomes (continuação da rua Jaime Aguiar de Souza – paralela a do presídio).
17 – José Botega (bairro São Cristóvão).
18 – Padre Dionísio da Cunha Laudth (bairro Dehon para 2009).
19 – Princesa Isabel (padaria Rainha, em Oficinas).
20 – Roberto Zumblick (lateral do Angeloni – concluída).
21- Laguna (em Oficinas).
22 – Lauro Müller (desde a rua Vidal Ramos até a ponte Dilney Chaves Cabral).
23 – Recife (paralela à escola Maria Emília Rocha).
24 – Rui Barbosa (desde a avenida Marcolino Martins Cabral até a linha férrea em Congonhas).
25 – Sílvio Búrigo (rua de acesso à Feinvest pelo bairro Monte Castelo).
26 – Simeão Esmeraldino de Menezes (trecho em frente ao bloco da saúde da Unisul, no bairro Dehon ).
27 – São José (rua do Ceja, no centro).
28- São João (rua da Incocesa, bairro São João).
29 – Vidal Ramos (rua do Hospital Nossa Senhora da Conceição, no centro).
30 – Marcolino Martins Cabral (trecho próxima a rótula da Unimed).
31- Pedro Zapelinni (Oficinas – em obras para 2009).
32 – Teodoto Tonon (Vila Moema ).
33 – Antenor Lemos (São Cristóvão).
34 – Pedro Gomes de Carvalho (Oficinas – fundos do mercado Machado).
35 – Galdino José de Bessa (Oficinas, rua ao lado da escola Ginásio Santíssimo Sacramento – Irmãs Bahianas ).
36 – Antonio Zacaron (São Cristóvão).
37- Flores (São Cristóvão).
38 – Estrada Geral do Rio do Pouso (trecho próximo ao hotel Termas do Rio do Pouso).
39- Paulo Souza Brasil (São Cristóvão).
40 – Cândido Freire Leão (Vila Moema, rua do posto Texaco).
41 – Otto Ferschuette (rua da câmara de vereadores, na Vila Moema).
obs: As ruas em negrito estão em obras ou ficaram para 2009.

Pacote de Imbituba é prorrogado
Das 31 ruas do pacote de obras da prefeitura de Imbituba, apenas 11 foram finalizadas. O problema, assim como em Tubarão, foi o mau tempo. As demais serão feitas apenas em 2009 e o prazo para conclusão dos trabalhos foi prorrogado para o dia 30 de abril. Para realizar as obras, a prefeitura fez um convênio com o Badesc, no valor de R$ 3 milhões e contrapartida de 30%.

“Lançamos o pacote em agosto e queríamos terminar em dezembro para que os turistas e moradores pudessem iniciar o ano trafegando em ruas com melhores condições, porém, não foi possível. Desde julho, tem chovido com frequência e, com o solo molhado, não conseguimos fazer nenhum serviço de drenagem ou terraplanagem”, explica o engenheiro da secretaria de obras da prefeitura, Moacir Freitas da Rosa.
Destas vias, 29 serão calçadas com lajotas de concreto e outras duas terão o asfalto revitalizado. “A lajota de concreto tem uma durabilidade maior, uma conservação mais fácil e, quando temos algum problema, com cano estourado ou ligação de água, é só retirar a lajota, fazer o trabalho e colocar a peça no lugar.

Já o asfalto, fica todo recortado. Sem contar que o asfalto impermeabiliza o solo e, em dias de chuva, fica mais difícil escoar a água”, esclarece Moacir.
Entre as ruas concluídas, estão duas no Vilage, três no Centro, uma na Roça Grande, uma na Guaíra e outras quatro na Vila Nova. “Esta da Roça Grande concluímos terça-feira. Outras obras estão na fase de terraplanagem e drenagem e terão continuidade na próxima semana, na segunda e terça. E pegaremos com força no início de janeiro”, garante o engenheiro.

A prefeitura também realizou nas últimas semanas um trabalho de tapa-buracos e revitalização de ruas que foram atingidas pelas chuvas de novembro. “Uma delas é a avenida Porto Novo. Essa via dá acesso à Praia do Rosa, e nesta época do ano é fundamental para o turismo da cidade. Precisa estar em condições de tráfego”, aponta Moacir.