A obra beneficiará os bairros Cruzeiro, Sertão dos Corrêa e Fábio Silva. - Foto: Divulgação/Notisul.
A obra beneficiará os bairros Cruzeiro, Sertão dos Corrêa e Fábio Silva. - Foto: Divulgação/Notisul.

Tubarão

Integrante do Conselho Comunitário do bairro Fábio Silva, o aposentado Gilberto Gazola, 66 anos, fica contente com o barulho que escuta na vizinhança. Ele é um dos articuladores da obra que está em ritmo acelerado e representará um novo acesso à cidade de Tubarão: a rua Marechal Deodoro.

“Já são mais de 20 anos. Fizemos reuniões com muitas autoridades. Estive no Dnit, em Florianópolis, para aproveitar que estava quase sendo colocada em prática a execução das obras de duplicação da BR-101 e que poderia vir alguma ajuda, mas a cada promessa vinha uma nova decepção”, recorda. 

No momento, equipes da prefeitura de Tubarão executam o alargamento da via pública. As obras de drenagem já foram concluídas. A obra beneficiará os bairros Cruzeiro, Sertão dos Corrêa e o próprio Fábio Silva, pela maior mobilidade e o fim dos buracos, para a alegria da família Gazola.

“Quando optei por morar no Fábio Silva, há 30 anos, levei em conta o valor mais acessível e o fato de ser um lugar tranquilo e bem alto. Tubarão já tinha passado por uma enchente, em 1974, e isso pesou na decisão”, conta o morador, que trabalhou muitos anos na antiga Eletrosul, em Capivari de Baixo, onde ainda possui muitos amigos.

Pelo menos uma vez por mês ocorrem as reuniões do conselho comunitário do bairro. Outra reivindicação bastante aguardada pelos moradores é a construção de uma creche para atender as famílias que trabalham e muitas mães não têm com quem deixar seus filhos.

Entenda a obra
A pavimentação da rua Marechal Deodoro faz parte de um conjunto de obras que ultrapassam R$ 3,5 milhões em recursos do governo federal e contrapartida da prefeitura, e inclui ainda o prolongamento da avenida Marcolino Martins Cabral, entre as ruas Princesa Isabel e Silvio Cargnin. Quando concluída, permitirá ao motorista se deslocar do Centro ao bairro Sertão dos Corrêa e será uma alternativa ao acesso sul de Tubarão.