Reunião, ontem, na capital, garantiu mais investimentos para Tubarão.
Reunião, ontem, na capital, garantiu mais investimentos para Tubarão.

Tubarão

Foram produtivos os resultados da reunião entre integrantes da prefeitura de Tubarão e o governo do estado, em Florianópolis, ontem. Na pauta, a construção de uma nova via alternativa para desafogar o fluxo da SC-438 para fora do perímetro urbano de Tubarão, e a construção de duas clínicas de saúde. Também, foi garantido o repasse de R$ 1 milhão para a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A UPA está orçada em aproximadamente R$ 3 milhões. Deste valor, R$ 1,1 milhão está garantido por um convênio entre o Ministério da Saúde e o governo do estado. A prefeitura arcará com o restante.
A via alternativa ligará o bairro São Martinho à avenida Tancredo Neves (trevo norte de acesso a Tubarão), em um trecho de aproximadamente cinco quilômetros de extensão.

“A obra aumentará a segurança dos tubaronenses que utilizam o trecho urbano da rodovia, como também agilizará o escoamento da produção econômica da região de Braço do Norte”, afirma o secretário de desenvolvimento econômico da prefeitura, Celso Meneghel. Os proprietários dos terrenos ao longo do trecho já se comprometeram em doar as terras.

A comitiva tubaronense solicitou ainda ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) recursos para a construção de duas unidades de saúde, uma no bairro São Clemente e outra em Oficinas. Serão necessários R$ 600 mil para a construção. Também foi pedido R$ 210 mil do governo para a aquisição de duas UTIs móveis, para atendimento dos pacientes da rede municipal de saúde.