Zahyra Mattar
Tubarão

O resultado dos dois casos suspeitos de nova gripe em Tubarão ainda é uma incógnita. Devido à grande demanda da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), é possível que os resultados sejam liberados somente hoje ou amanhã. A coordenadoria de imunização da 20ª gerência de saúde em Tubarão não especifica dados sobre os pacientes e acredita que os resultados sejam negativos.

Paralelamente, outro caso foi constatado na Amurel ontem. Trata-se de uma mulher em Laguna. O sobrinho dela, morador de Criciúma, voltou recentemente dos Estados Unidos e apresentou sintomas de gripe. O exame do menino foi colhido em Tubarão, domingo. Ele e a família estavam em Laguna para visitar a tia e os avós.
A tia teve o material coletado pela gerência de saúde em Laguna ontem. Ela e os avós foram comunicados e seguem em casa, em isolamento. Todos são monitorados e passam bem. A criança também está em casa, em Criciúma. Os exames devem ficar prontos até o fim desta semana ou no começo da próxima.

Além dos dois casos em Tubarão e este em Laguna, a região contabiliza outro caso suspeito em Garopaba (um menino de 5 anos). Há ainda outros três confirmados: dois em Criciúma e um em Orleans. Todos contaminaram-se na Argentina e passam bem. No estado, são 46 casos confirmados.
No Brasil, ontem, nenhum novo caso foi registrado. No total, são 625 pessoas contaminadas com a influenza A e um óbito, ocorrido sábado, no Rio Grande do Sul (um homem de 29 anos). Mais da metade é composta de pessoas que se contaminaram no exterior.