Amanda Menger
Grão-Pará

Os prefeitos de Grão-Pará, Gravatal, Pedras Grandes, São Ludgero, Armazém, Lauro Müller e Orleans aprovaram, ontem à noite, em Grão-Pará, o estatuto da Associação dos Municípios da Encosta da Serra Geral (Amesg). Hoje, os documentos necessários para registrar a entidade serão entregues em cartório.

“Tão logo tramite a parte burocrática e o registro seja confirmado, os municípios solicitarão a saída da Amurel. Além disso, será marcada a primeira assembleia para eleição do conselho consultivo e a diretoria. A única coisa que já está definida é que haverá a participação de representantes de todos os partidos políticos”, revela o chefe de gabinete da prefeitura de Grão-Pará, Rodolfo Bonetti.

Um dos diferenciais do estatuto da Amesg em relação às demais associações de municípios é a participação dos vereadores desde o início das atividades. Os presidentes das câmaras de Grão-Pará, Gravatal, Pedras Grandes, São Ludgero, Orleans e Rio Fortuna terão direito a voto. “Eles só não poderão ser presidente e vice da associação, mas terão voz ativa. No caso de Rio Fortuna, a prefeitura se manterá ligada à Amurel, e a câmara à Amesg. Os municípios da serra, Urubici e Bom Jardim, receberam o convite para participar da associação, mas resolveram não se integrar por enquanto”, afirma Bonetti.

Por enquanto, a entidade não levantará nenhuma bandeira de luta específica. “Primeiro, vamos concretizar a associação, buscar a sede, formar o grupo de trabalho. Depois, faremos um levantamento das necessidades das cidades e avaliaremos o que é prioridade”, declara Bonetti.