Secretário Rodolfo (detalhe) se diz tranquilo quanto à operação. - Foto: Divulgação/Notisul.
Secretário Rodolfo (detalhe) se diz tranquilo quanto à operação. - Foto: Divulgação/Notisul.

Laguna

O engenheiro civil e funcionário de carreira do setor de fiscalização da prefeitura de Laguna, Rodolfo Michels Godinho, afastado cautelarmente da função de secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Social da municipalidade lagunense, garantiu não ter qualquer tipo de vínculo com os crimes em investigação pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que envolve autoridades do Ministério Público e polícias Civil e Militar.
"Não quero atrapalhar as investigações, até porque muita gente conhece o meu profissionalismo. Na hora certa, darei declarações mais detalhadas acerca dos fatos", resume Rodolfo.

Ele foi licenciado do cargo por meio de mandado judicial cumprido nesta segunda-feira. O Gaeco também cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, e quatro de condução coercitiva (levados para depoimentos) em alguns setores da prefeitura.

Vários documentos foram lacrados e recolhidos pelas autoridades. A operação foi requerida pelas 1ª e 2ª Promotorias de Laguna. (Leia mais na página 2).