Amanda Menger
Tubarão

Quem adota um animalzinho de rua pratica uma ação com diversos beneficiários. A coletividade, porque o cão ou gato não ficará abandonado (com a possibilidade de gerar muitos filhotes, contrair alguma doença, morder alguém, por exemplo), ao próprio bicho, que receberá atenção, e a si mesmo, pois ganha um verdadeiro amigo. E agora 20 famílias tubaronenses ganharam amigos caninos. Todos os animais foram expostos na 1ª Feira de Adoção promovida pela Organização Não-Governamental (ONG) Movimenta-Cão, sábado.

Os animais – 13 adultos e sete filhotes – eram abrigados pelas cuidadoras cadastradas pela ONG. Outros cinco filhotes, abrigados por Cláudia Juliana Rodrigues Machado e Maria Mendes, por decisão delas, não participaram da feira. Mesmo com a desistência delas, o resultado da feira é considerado positivo pelo presidente da ONG, Francisco Beltrame. “Estamos muitos satisfeitos. O espaço disponibilizado no Dia D foi bastante concorrido. Conseguimos novos lares para 20 cães”, relata Beltrame.

Muitas pessoas doaram pacotes de ração e outras ainda se associaram ao Movimenta-Cão e passarão a contribuir com mensalidades e/ou doadores. “Muitas pessoas elogiaram a iniciativa, e pediram que façamos outras feiras para que mais cachorros possam ser adotados. Além das adoções, nós distribuímos fôlderes com informações sobre a ONG e sobre a posse consciente. Não adianta somente adotar o filhote porque é bonitinho. O animal precisa de atenção, terá despesas com alimentação, saúde, crescerá e viverá por pelo menos uns 12 anos. Por isso, quem adotou assinou um termo de responsabilidade”, explica Beltrame.

Postos de arrecadação de rações
• Pet Shop Mundo Animal • Casa das Gaiolas • Agropecuária Criativa • Pet Shop Dr. Márcio Freccia • Pet Shop Bichos e Caprichos • Agropecuária Quatro Patas • Agropecuária Nunes • Agrosul Agropecuária.