Tubarão

Todos os dias, chegam às caixas de e-mail dezenas de mensagens sobre crimes, novas leis, denúncias, pessoas desaparecidas. Não é fácil identificar o que é verdade ou não. Nem mesmo o remetente garante a legitimidade da informação. O Notisul separou algumas das mensagens e apurou a veracidade ou não.

Algumas mensagens afirmam que é possível obter uma segunda via da identidade, em caso de perda ou roubo, gratuitamente. Mas isto não ocorre em Santa Catarina. A lei que figura nos e-mails é do Rio de Janeiro. O valor a ser pago no território catarinense é de R$ 22,20 na segunda via. Mas ainda assim é importante procurar a polícia para registrar a ocorrência. O mesmo ocorre no caso da carteira de habilitação.

Outros e-mails sugerem ser possível retirar multas de trânsito e transformá-las em advertência. Parte desta informação é verdadeira, contudo, depende de como o artigo 267 do Código de Trânsito é interpretado em seu município. De acordo com o coronel da Polícia Militar de Santa Catarina, Sérgio de Bona Portão, a multa poderá ser transformada se o motorista não tiver cometido a mesma infração nos últimos 12 meses. Para isso, é necessário preencher um formulário na secretária de trânsito ou órgão competente do seu município. Mas, como no artigo consta a palavra “poderá”, existem duas interpretações. Atenção, pois os pontos são adicionados à carteira.

Alguns e-mails apontam que, em vez de discar o número 102 para pedir informações, pode-se telefonar para 0800-280-0102 gratuitamente. Mas o serviço não existe em Santa Catarina.
Então, sempre que receber informações pela internet, averigue por meios confiáveis!