Empresas privadas já podem aderir ao programa “Empresa Cidadã”, que prevê o abatimento de impostos para companhias que prorrogarem, por mais dois meses, a licença-maternidade de suas funcionárias.

O pedido de extensão da licença deve partir da empregada, que tem um mês após o parto para fazê-lo. Depois do pedido, a empresa poderá fazer a adesão no site da Receita Federal e então poderá descontar no Imposto de Renda o valor integral dos dois meses de salário pagos adicionalmente.