A reunião ocorreu para tratar sobre medidas que possam amenizar problemas causados no trajeto e o fechamento da rodovia que liga a BR-101 ao porto  -  Foto:João Batista Coelho Júnior/Prefeitura de Imbituba/Divulgação/Notisul
A reunião ocorreu para tratar sobre medidas que possam amenizar problemas causados no trajeto e o fechamento da rodovia que liga a BR-101 ao porto - Foto:João Batista Coelho Júnior/Prefeitura de Imbituba/Divulgação/Notisul

Imbituba

Para tratar de medidas que possam amenizar problemas causados no trajeto e fechamento da rodovia que liga a BR-101 ao porto, que abrange as avenidas Marieta Konder Bornhausen e Manoel Florentino Machado, em Imbituba, uma reunião ocorreu ontem entre autoridades municipais e representantes da comunidade. A ação definida é que na próxima semana as lombadas físicas já devem ser colocadas enquanto correm os prazos legais para iniciar o recapeamento.

A instalação das lombadas físicas é uma medida para frear a destruição das avenidas, causada principalmente pelo excesso de velocidade dos caminhões, aliado ao peso e às fortes e constantes chuvas na região. “Enquanto estabelecemos o convênio para poder licitar e dar início à obra de recapeamento de concreto do acesso, que acredito que vai levar em torno de 120 dias, vamos colocar as lombadas na próxima semana para tentar desacelerar a destruição da pista”, esclarece o prefeito Jaison Cardoso. “Estamos fazendo todos os encaminhamentos e trabalhando forte para que se resolvam os problemas do acesso e apresentando uma solução, que agora é uma questão legal, não temos como adiantar os prazos estabelecidos por lei”, acrescenta.

Serão pelo menos cinco lombadas logo após a ligação com a BR-101 para diminuir os excessos. Com isso, a Polícia Militar e representantes do executivo entendem que as manifestações devem ser canceladas temporariamente enquanto os prazos forem cumpridos. “Com a apresentação desse cronograma e o prazo para chegar à solução, a manifestação perde o objetivo”,  informa o capitão Rodnei, da Polícia Militar. 

Manifestações
Os representantes da comunidade irão conversar com o restante do grupo para suspender a manifestação que ocorreria amanhã, enquanto houver o cumprimento dos prazos estabelecidos em reunião, como iniciar a colocação das lombadas até a próxima quarta-feira com o tempo colaborando, uma vez que com chuva nada pode ser feito.

Recapeamento
Na última semana ficou sinalizado que a SC Parcerias Porto de Imbituba, governo do estado e prefeitura vão arcar com um terço do recapeamento, cada. O prefeito aguarda uma nova reunião para amanhã ou segunda-feira, em Florianópolis, antes da audiência com o governador Raimundo Colombo.