Amanda Menger
Tubarão

O incentivo ao turismo é um dos focos do desenvolvimento na região sul de Santa Catarina. Isso ficou evidente nesta sexta-feira, durante a realização da audiência pública do Orçamento Regionalizado 2009. A rodovia Interpraias (SC-100) foi escolhida pelas secretarias de desenvolvimento regional em Tubarão e Araranguá.

As cinco SDRs localizadas no sul catarinense: Laguna, Tubarão, Braço do Norte, Criciúma e Araranguá elencaram durante o encontro as três prioridades de cada microrregião que constarão no orçamento estadual de 2009. As prioridades foram escolhidas dentro da lista de 12, apontadas pelas regionais, no Plano Pluri anual (PPA 2008-2011).

“O objetivo é que as 12 prioridades sejam realizadas. A cada ano, seriam três. Mas, constar no orçamento não significa que elas serão concretizadas. Porque é preciso empenho dos parlamentares e pressão da sociedade, ou seja, da articulação regional”, explica o coordenador de orçamento da assembléia legislativa, Sérgio Ambrosi.

Para o deputado estadual, Manoel Mota (PMDB), as audiências regionais tornam a elaboração do orçamento mais democrático. “Eu não tenho dúvidas de que o orçamento estadual tem o sentimento dos catarinenses. Porque são as regiões que definem e dizem ao governo: ‘Isto é prioridade, isto não é’”, acredita.

Caso um dos itens não seja contemplado durante aquele ano, automaticamente passa a fazer parte do orçamento seguinte. “Quando isso porventura ocorre, é bom que a audiência regional discuta novamente para saber se ele ainda é prioridade ou mesmo para sugerir mudanças”, esclarece o deputado Mota.