Mesmo com a agenda lotada, Joares não dispensa a sua participação nos eventos sociais em Tubarão
Mesmo com a agenda lotada, Joares não dispensa a sua participação nos eventos sociais em Tubarão
Silvana Lucas 
Tubarão
 
“Estou presidente da Assembleia e pretendo ser candidato ao senado federal”. Está foi a afirmação do deputado estadual Joares Ponticelli (PP), nesta sexta-feira, em Tubarão.
 
Para confirmar a sua participação nas eleições deste ano, o parlamentar informa que precisa aguardar uma decisão oficial do partido, na convenção estadual que será realizada em junho, mas até lá, trabalhará como presidente do legislativo, cargo que ocupa desde o mês passado, após o afastamento do deputado Romildo Titon (PMDB), após uma determinação judicial.
 
Conforme Joares, mesmo que Romildo não retorne à direção após o julgamento, na próxima semana, quando for definida as candidaturas, concorrerá às eleições no mês de outubro. “Estamos consultando o jurídico para que eu possa me candidatar para o senado, faremos tudo dentro da lei, porque no Brasil existem outros políticos em situação muito parecida com a minha atual, fato que não abrirá precedência nas eleições nacionais. Quanto continuar na presidência, vou desenvolver os projetos normalmente, como já realizo”, garante Joares.
 
Para representar a região sul no senado federal, o presidente interino da Assembleia, diz-se preparado e apoiado pelo governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PDS) e também pelos representantes do PMDB.  “Considero-me pronto para ser um senador da república, trabalho neste sentido há quatro anos, quando anunciei a minha intenção ao cargo”, lembra o pré-candidato.
 
O parlamentar adianta que pretende formar uma boa equipe para ajudar nos trabalhos no Congresso, caso seja eleito.
 
O Notisul trouxe, nas últimas edições, uma série de entrevistas com nomes de vários partidos pré-candidatos a deputados estaduais, claro, com reduto político na região.