Amanda Menger
Tubarão

O ano letivo nas escolas estaduais começa no dia 11 de fevereiro e será em estado de greve. Isso porque o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) de Santa Catarina resolveu dar mais um prazo ao governo.

No fim do ano passado, foi anunciado que as aulas não seriam retomadas. “Discutimos entre os diretores do sindicato e resolvemos que nas três primeiras semanas mobilizaremos a categoria. Enquanto isso, o governo poderá apresentar nova proposta”, esclarece o presidente estadual do Sinte, Danilo Ledra. A primeira assembléia do ano será realizada no dia 5 de março, em Florianópolis.

A reivindicação da categoria abrange a incorporação do abono de R$ 100,00, readequação do piso de R$ 509,00 para R$ 900,00 aos professores com ensino médio, além de eleição direta para diretores de escola e adesão dos temporários ao plano de saúde.