Carolina Carradore
Tubarão

A 20 dias das eleições, muitos candidatos apostam nas famosas ‘dobradinhas’ para garantir boa votação. Em alguns casos, as coligações abrem espaço para dar e receber apoio. Em outros, o jeito é ir à luta e buscar reforço em outras regiões.
O ex-prefeito de Tubarão, Carlos Stüpp (PMDB), que tenta uma vaga na assembleia legislativa, está ao lado do deputado estadual Jorginho Mello (PSDB), aspirante à câmara federal. Mello tem como base eleitoral Herval D’oeste. Ambos tentam conciliar as agendas. “Mesmo distante, peço voto para Jorginho. Estamos unidos para vencer essa eleição”, afirma Stüpp. O PSDB não apresentou candidato à esfera federal na região.

Já no PDT, que lidera o número de candidatos na região, as opções são inúmeras. Edson Firmino, candidato à câmara, já anunciou apoio a todos os brizolistas da região à vaga no legislativo catarinense: André Igreja, de Imbituba, Manoel Dias, de Jaguaruna; e Araildo Domingos Liberato, o PG, de Capivari de Baixo. Mas, como o PDT está coligado com o PP, e o PTdoB, Firmino também trata de trabalhar também para a reeleição de Joares Ponticelli (PP) ao legislativo.
Na esfera federal, o candidato à câmara Ademir Mota da Silva (PT), o Milo, de Gravatal, aposta na dobradinha do aspirante a assembleia, o tubaronense Olavio Falchetti (PT).

Igual posição toma o deputado federal Edinho Bez (PMDB), que tenta a reeleição para o mesmo cargo. “Apoio o candidato do meu partido em cada cidade que vou. Por exemplo, em Tubarão, estou ao lado de Alexandre Moraes (candidato a deputado estadual) e não abro mão disso”, avisa.