Zahyra Mattar
Capivari de Baixo

O cenário político ainda pode mudar, mas aos poucos o quadro começa a formar-se. A convenção do PMDB de Capivari de Baixo, ontem à noite, teve boa platéia. Não é para menos. O encontro serviu para responder a uma incógnita: o vereador Valmiro Miranda da Rosa, o Bila, concorre ou não a uma vaga na assembleia legislativa? Não concorre.

Emocionado, Bila formalizou sua desistência em prol do colega de partido, Alexandre Moraes. Apoio ao pré-candidato? “Aí são outros quinhentos. Isto ainda dependerá de conversações”, antecipa Bila em clara evidência de que sua saída estratégica não significa hipoteca de apoio a Alexandre.

“A unidade do partido deve ser prioridade. Não podemos deixar o lado pessoal sobressair-se. Minha desistência foi no sentido de ter compreendido que a Amurel deve ter apenas um candidato. Desejo sorte a Alexandre nesta caminhada”, valoriza Bila.

Alexandre não poupou agradecimentos e frisou que sua candidatura somente ocorre porque há consenso. “É preciso legitimar e respeitar a posição de Bila. Minha candidatura não é local, é regional. Acredito que buscar o consenso seja ouvir a todos. Esta é a única forma de inserir todos os colegas no processo político e dentro do projeto que pretendemos para Tubarão e para a região”, enalteceu Alexandre.