Amanda Menger
Tubarão

A pesquisa divulgada neste fim de semana pelo Notisul foi recebida com otimismo por alguns e com ceticismo por outros. Na pesquisa estimulada, em que são apresentados os candidatos, Manoel Bertoncini (PSDB) aparece com 53,1%, Genésio Goulart (PMDB) com 22,9% e Olavio Falchetti (PT) com 8,6%. A diferença entre os dois primeiros colocados é de 30,2%.

No primeiro levantamento, feito em maio, antes das convenções, o cenário era diferente. Olavio aparecia com 4,5%, Manoel com 20,6% e Genésio com 52,5%.
O candidato do PMDB disse não ter segurança nos dados. “Estou certo de que a verdadeira pesquisa será a das urnas. Estou feliz com o resultado que vejo nas ruas, junto ao povo. Tentaram me cassar, mas não conseguiram. Tenho certeza de que iremos ganhar a eleição”, assegura Genésio.

Para o candidato petista, o resultado foi positivo. “Fiquei bastante contente. Isso me estimulou a continuar a campanha. Minha estratégia desde o início foi mostrar propostas e acredito que isso influenciou a opinião dos eleitores”, avalia Olavio.

Bertoncini afirma que os resultados são reflexos do trabalho intenso. “No primeiro levantamento do Notisul meu nome ficou atrás. Não questionei porque sabia que seria preciso que o eleitor me conhecesse e também as minhas propostas. Além disso, o trabalho dos candidatos a vereador ajudaram a modificar os resultados”, observa.