Zahyra Mattar
Armazém

Está marcada para o próximo dia 9 a eleição para a presidência da Cooperativa de Eletrificação Rural de Armazém, a Cooperzém. No pleito de sábado, inusitadamente, o voto branco venceu a única chapa inscrita. Liderada pelo vice-prefeito de Armazém, João Pedro Machado, e pelo cooperado Lucas Wimes, de São Martinho, a Chapa 2 atingiu apenas 745 votos, pouco mais de 25% do total.

Os votos brancos somaram 2.146, o que totaliza 74,3%. No dia 9, é esperado que a Chapa 1, cuja inscrição nesta eleição foi indeferida pela justiça, volte a concorrer. O grupo é encabeçado pelo ex-prefeito do município, Gabriel Bianchet.

Para vencer, a Chapa 2 precisava da maioria absoluta, ou seja, 51% dos votos válidos. Em agosto do ano passado, o grupo de Bianchet foi impedido de prosseguir no pleito pela justiça. Os documentos de inscrição entregues continham irregularidades, rasuras nas datas, e foram entregues foram do prazo.
Agora, a Chapa 1 poderá voltar a pleitear espaço normalmente. Bianchet está à frente da Cooperzém há muitos anos. São mais cinco mil associados nos municípios de abrangência: Armazém, São Bonifácio e São Martinho.