Amanda Menger
Laguna

Os proprietários de hotéis, pousadas e campings de Laguna estão rindo a toa. Nem a chuva e os engarrafamentos na BR-101 desviaram os foliões da cidade juliana. A ocupação foi de 100%. Somente na sexta-feira, a média ficou abaixo, em torno de 80%, como previa uma pesquisa realizada pela secretaria de turismo do município.

“Nesse dia foi um pouco ruim em virtude de atrasos, muitas pessoas ficaram esperando horas na estrada para chegar, mas poucas reservas foram canceladas”, relata o presidente da Associação dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Laguna, Peterson Crippa.

A associação estima que 450 mil pessoas passaram, por dia, na cidade, que tem um dos maiores e mais famosos Carnavais do sul do Brasil. “Claro que nem todos ficaram na cidade, até porque temos em torno de 2,4 mil leitos. Porém, aproveitaram as praias, as festas”, observa Crippa.

A lotação de 100% concentrou-se sábado, domingo e segunda-feira. De 10% a 15% deste público permanecem em Laguna até o fim de semana. “Como é fim de férias, algumas pessoas aproveitam para esticar o feriado até sábado e domingo. Com isso, mantemos um bom movimento nos hotéis”, esclarece o presidente.

Para os hoteleiros, o Carnaval é o melhor feriado prolongado do ano, mais do que Natal e Ano Novo. Isso não apenas porque o período é maior, mas devido ao consumo de outros produtos, como bebidas e alimentação. “Em termos de lotação, também tivemos 100% na virada do ano, mas o faturamento é maior, as pessoas gastam mais e isso gera mais receita para os comerciantes”, avalia Crippa.