Amanda Menger
Tubarão

Em um tom otimista, o prefeito eleito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), fez um pronunciamento nesta sexta-feira pelo qual tranquiliza os tubaronenses a respeito de sua saúde. Dr. Manoel continua na capital paulista, onde deverá permanecer por mais duas semanas. Inicialmente, esperava-se que ele retornasse nesta sexta-feira a Tubarão.
O futuro prefeito foi submetido a uma bateria de exames, contudo, até o momento, não há um diagnóstico definitivo a respeito de sua doença. Durante a campanha, Dr. Manoel sentiu fortes dores na perna direita. Depois do pleito, passou a sentir dores também na coluna. A princípio, acreditava-se que ele poderia estar com uma hérnia de disco, problema semelhante ao enfrentado pelo prefeito Carlos Stüpp (PSDB).

Dr. Manoel viajou a São Paulo acompanhado pela esposa, Márcia Regina Pereira, que é cardiologista, e pelo médico tubaronense Kaiser Koch. No pronunciamento, ele explica que “está bem” e que, por recomendação dos médicos, iniciará um tratamento. “Como uma das vértebras da coluna está comprometida, os médicos acharam melhor eu fazer o tratamento em um local só. Se voltasse, teria que me deslocar muito, fazer parte do tratamento em Tubarão e em Criciúma”, explica.
Bertoncini fez questão de agradecer as orações dedicadas a ele e “deixar a todos bem tranquilos”.

A prefeitura confirmou que a transição de governo será iniciada sem a participação do prefeito eleito justamente por conta de seu afastamento temporário. O assessor de Dr. Manoel, Evaldo Tonelli, será o responsável por representar a atual gestão no processo. O próximo prefeito está confiante. “Depois deste tratamento, espero poder retornar a Tubarão e assumir as atividades que me esperam”, afirma.

Mensagem aos tubaronenses • Manoel Bertoncini
“É uma felicidade estar falando aos nossos amigos aí em Tubarão. Também para tranquilizar as pessoas que estão um pouco preocupadas com a nossa situação de saúde. Gostaria de dizer que estou bem.
Estou fazendo uns exames em São Paulo. Em função dos aparelhos que necessitariam para o meu tratamento, eu teria que me deslocar. Fazer uma parte em Tubarão e outra em Criciúma. Como eu tenho uma vértebra da coluna comprometida, os médicos acharam e recomendaram que eu não ficasse me deslocando muito. Sugeriram que eu deveria fazer esse tratamento em um local só, por isso eu estou aqui em São Paulo.
Acredito que ficarei mais umas duas semanas em São Paulo me tratando, para depois retornar a Tubarão e assumir as nossas atividades que sei que todos esperam.
Gostaria de agradecer a oportunidade e as orações de todos que pedem pela minha recuperação. Mas quero deixar todos bem tranquilos. Logo, logo estaremos voltando à nossa cidade e às nossas atividades. Quero deixar um grande abraço a todos. Obrigado.”

Biografia
• Manoel Antônio Bertoncini da Silva nasceu em Orleans, no dia 13 de março de 1961. É filho de Irê José Santiago Silva e Nelza Bertoncini da Silva. Casado com Márcia Regina Pereira, tem dois filhos: Igor Pereira Bertoncini da Silva e Laís Pereira Bertoncini da Silva.
• É formado em medicina pela Ufsc. Empreendedor, ele foi um dos que lançaram a pedra fundamental para a concretização do Socimed Hospital e Maternidade, em Tubarão, instituição na qual ele ocupa a cadeira de diretor-presidente.
• No governo do amigo pessoal Carlos Stüpp (PSDB), Bertoncini foi secretário de saúde entre 2001 e 2005.
• Na política, a carreira foi meteórica. Ele foi presidente do PSDB de Tubarão entre 2004 e 2006.

• Em 2004, participou de sua primeira eleição: foi o segundo candidato mais votado à câmara de vereadores (2.767 votos).
• Em 2006, disputou a sua segunda eleição, esta a uma vaga na assembléia legislativa. Recebeu mais de 21 mil votos (somente em Tubarão, foram 14 mil). Na cidade, ele foi o segundo candidato mais votado. Mas não se elegeu.
• Este ano, Bertoncini elegeu-se prefeito de Tubarão com 31.128 votos, o equivalente a 51,22% do eleitorado.