Karen Novochadlo
Tubarão

Em 15 dias, o conselho da secretaria do tesouro nacional, em Brasília, deve analisar a documentação apresentada por Tubarão para obter recursos do Banco de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (Badesc). Ontem, viajaram até capital federal o secretário de gestão da prefeitura, Estêner Soratto da Silva Junior e Gustavo Salvador Pereira, o chefe de gabinete do vice-prefeito Pepê Collaço.

O objetivo era conseguir celeridade na aprovação do financiamento. De acordo com Estêner, secretaria nacional deu prioridade a análise dos documentos dos municípios do Vale do Itajaí e norte do estado, que sofreram com as chuvas de agosto. E também aos integrantes do PAC 2.

O próprio Badesc já deu o aval. Basta que a pasta federal dê o ok para que a prefeitura possa acessar o recurso, licitar e realizar as obras previstas: mais uma ponte no centro da cidade (na rua Rui Barbosa), a travessia que ligará as duas comunidades da Guarda, pavimentações dos acessos às passagens e a revitalização do Ginásio Otto Feuerschuette, no bairro Aeroporto.

Com a verba, o ginásio passará por uma repaginada completa. Da estrutura original, será reaproveitada somente a estrutura da arquibancada. O telhado será trocado, a quadra alargada, feita uma pista para caminhada. Nos fundos do ginásio, será instalada a sede da Fundação Municipal de Cultura e Esporte.