Amanda Menger
Tubarão

Os R$ 5 milhões sinalizados pelo governo federal para obras de infraestrutura para minimizar os problemas das enchentes em Tubarão devem estar disponíveis nos primeiros dias de agosto. Além disso, o município poderá receber mais R$ 3 milhões para outras obras deste tipo e ainda recursos para a construção de pontes. As boas novas foram passadas pelo secretário nacional de saneamento básico Leodegar Tiscoski ao vice-prefeito de Tubarão, Felippe Luiz Collaço (PP), o Pepê.
“Até o dia 30, nós temos que entregar no Ministério das Cidades os projetos executivos para receber os R$ 5 milhões. Assumirei a prefeitura na quinta-feira e acredito que alguns dias depois poderemos apresentar à sociedade os projetos para que fique claro onde a verba será utilizada e quais os benefícios das obras”, afirma Pepê.

Com a liberação do dinheiro, a prefeitura poderá licitar as obras ainda em julho. “Acredito que no começo de setembro poderemos dar a ordem de serviço. Até o fim do ano, há a expectativa de receber mais R$ 3 milhões. Para isso, vamos apresentar os projetos no Ministério das Cidades”, anuncia o vice-prefeito.
Do mesmo ministério, podem vir recursos para a construção das três pontes previstas no plano de governo: na Guarda, no centro e na divisa com Capivari de Baixo. “Eu e o prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) conversamos com o ministro Márcio Fontes e ele disse que um programa de mobilidade urbana deve ser lançado e irá contemplar a parte de pontes, então, precisamos elaborar os projetos e já estamos providenciando isso”, garante o vice-prefeito.