O secretário Estêner Soratto explanou a integrantes de diversas entidades o rumo do turismo.
O secretário Estêner Soratto explanou a integrantes de diversas entidades o rumo do turismo.

Karen Novochadlo
Tubarão

A discussão sobre o desenvolvimento do turismo em Tubarão avançou mais uma etapa. O Conselho Municipal de Turismo (Comtur) será reativado e reorganizado. A decisão foi divulgada ontem, durante a realização do workshop Os caminhos do turismo em Tubarão, com participação de entidades representativas e do secretário de indústria e comércio da prefeitura, Estêner Soratto da Silva Júnior.

Uma lei de 1997 já regulamentava a criação de um conselho turístico. Contudo, era prevista a participação de 37 membros, mais de 50% deles da iniciativa privada. Esta forma de gestão inviabilizava a realização de reuniões e também atrasava importantes discussões. Agora, a proposta é reduzir o número de integrantes para 15, para facilitar a realização dos encontros.

Uma outra função do conselho será deliberar a aplicação de recursos do departamento de turismo. “A praça Orlando Francalacci, na rua Lauro Müller, por exemplo, poderia ser reformada. Em reuniões, seria decido se a obra beneficiaria Tubarão, ou se a verba seria aplicada em outro lugar”, explica o secretário.
O próximo passo é levar as alterações feitas na lei para aprovação na câmara de vereadores.

Durante o workshop, foram levantadas várias questões pertinentes ao turismo rural e termal no município. “Nossa ideia é organizar e explorar melhor o potencial turístico de Tubarão. Com este evento, podemos ver qual o melhor rumo, se são águas termais ou turismo rural”, explica o prefeito Manoel Bertoncini (PSDB).
Hoje, o orçamento do departamento de turismo é de R$ 200 mil. A ideia é ampliá-lo até o fim do ano em 40%.

Calendário de eventos e inventários será criado até fim do mês

Uma outra etapa da discussão foi a também a calendarização dos eventos do município e um inventário dos pontos turísticos. O objetivo do calendário é divulgar nos sites da prefeitura e de entidades, e também propagar pelo estado atividades realizadas em Tubarão.

“Vamos acrescentar atrações turísticas, eventos educacionais, seminários de negócios, shows e apresentações artísticas neste calendário”, explica o secretário de indústria e comércio da prefeitura, Estêner Soratto. A agenda será finalizada em 20 de fevereiro. O secretário pede a colaboração de promotores para que seja a mais completa possível.

Dentro do inventário, estarão todos os monumentos, prédios, atrações que existem no município. Parte desta documentação já existe e está disponível em instituições como Unisul, Senac e Senai. Como próximo passo, será realizada uma reunião com estas entidades para avaliar o material. Até o fim do mês, deverá ser concluído o documento.