Amanda Menger
Tubarão*

Três prefeituras da Amurel estão com concursos públicos em andamento: Tubarão, Braço do Norte e Jaguaruna. Mais de 4,5 mil pessoas disputarão 681 vagas do concurso de Tubarão neste domingo. Segundo dados da Faepesul, organizadora da prova, alguns cargos não tiveram nenhum inscrito. Entre eles, endocrinologista, obstetra, ginecologista, oftalmologista e psiquiatra. Em outros, o número de vagas ofertadas é maior do que o de inscritos, como professor de arte.

A secretária de saúde e assistência social da prefeitura de Tubarão, Vera Stüpp, ficou surpresa com os dados divulgados. “Não imaginava que não teríamos nenhum inscrito para estes cargos”, relata. Para ela, vários fatores podem ter influenciado. “O salário pode, sim, ser um dos motivos, mas acredito também que há falta de profissionais nestas especialidades”, avalia. O salário médio dos médicos, previsto no edital do concurso para uma carga de trabalho de 20 horas semanais, é de R$ 724,56, com adicional de produtividade de R$ 255,00.

No total, nove cargos da área médica não tiveram nenhum inscrito. Ainda não foram divulgadas as atitudes a serem tomadas para preencher estas vagas. “Diante destes dados, conversaremos com os responsáveis pelas áreas administrativa e financeira da prefeitura para decidir se contrataremos em caráter temporário ou se abriremos novo concurso”, explica Vera.

O coordenador de projetos da Faepesul, Alexandro Heleodoro Silveira, diz que a baixa procura pelos cargos na área médica também surpreendeu os organizadores do concurso. “Estas vagas, geralmente, não têm uma procura muito grande, mas, desta vez, nos espantamos, porque vários cargos não tiveram nenhum inscrito”, afirma.

* Especial para o Notisul.