Amanda Menger
Tubarão

Nesta quinta-feira, o radialista Geraldo Salvador reunirá os amigos e familiares para uma dupla comemoração: os cinco anos de fundação do jornal A voz, de Capivari de Baixo, e os 40 anos de rádio. Geraldo começou a trabalhar na rádio Tubá com 12 anos, como sonoplasta, a convite do então diretor da emissora, Sérgio Custódio. Dois anos depois, ele passou a ser o ‘menino de recados’ da emissora: eram com ele os anúncios fúnebres, perda de documentos e outros comunicados de utilidade pública.

Tão logo começou a trabalhar também como locutor, Geraldo passou a comandar dois programas musicais: Embalos de domingo à tarde e RP Comando de sucesso, veiculado aos sábado e domingos à noite. Os programas faziam sucesso entre a juventude. “As meninas vinham de outros municípios para conhecê-lo. Eu o acompanhava e chegamos até a namorar algumas destas meninas”, conta o irmão de Geraldo, Hélio.

Além dos programas musicais, Geraldo também atuou como repórter de rua. Hoje, ele apresenta um programa diário que leva o seu nome. O destaque é para a edição de sexta-feira, no qual Geraldo divide a bancada com advogados e juízes, no Rádio Justiça. A iniciativa, que aproxima a população do judiciário, já foi tema inclusive de uma reportagem da TV Justiça.

“Completar 40 anos de rádio e saber que estas quatro décadas foram passadas na mesma emissora é muito bom. Acompanhei muitas acontecimentos importantes e conheci pessoas que se tornaram amigas”, conta Geraldo. Entre os fatos que mais marcaram a carreira, estão as coberturas de fenômenos climáticos, como a enchente de 1974 e o furacão Catarina, em 2004.