As placas e demarcações da Área Azul já estão prontas.
As placas e demarcações da Área Azul já estão prontas.

Karen Novochadlo
Tubarão

Quem está cansado de rodar Tubarão para encontrar uma vaga de estacionamento pode tranquilizar-se. No fim deste mês, uma parte do estacionamento rotativo Área Azul deve entrar em funcionamento. O consórcio Extran, que operará o sistema, já começou a contratar monitores. Ao todo, 50 vagas foram abertas.

Uma das exigências é que o interessado no trabalho tenha mais de 18 anos. Conforme o diretor da Tetran, uma das empresas do consórcio, Sérgio Diniz, esta é uma cláusula no contrato com a prefeitura. Outro requisito é que o candidato tenha facilidade de comunicação. O monitor venderá cartões, créditos e também orientará os motoristas sobre o funcionamento.

Antes de iniciarem as atividades, os funcionários receberão treinamento. “O monitor não notificará”, destaca Sérgio. Os guardas municipais voltarão a ser responsáveis por esta parte.
Também há vagas para supervisor de manutenção. Os interessados nos trabalhos devem levar currículo ao escritório da Extran, que já está em funcionamento, na rua Lauro Müller (beira-rio), próximo à lotérica Ponto da Sorte.

Cronograma de funcionamento

Em Tubarão, as 1.064 vagas do estacionamento rotativo foram divididos em setores para iniciar as operações. A primeira ficará na avenida Marcolino Martins Cabral, entre o Art Hotel e o Calçadão, parte da avenida Marechal Deodoro e da Lauro Müller, e a rua Coronel Collaço.
O outro setor ficará entre o Calçadão e o Colégio São José, na avenida Marcolino Martins Cabral, a rua Lauro Müller e a avenida Rodovalho e começa a operar em novembro. O último, na avenida Marcolino Martins Cabral, até o Posto Canário, entrará em funcionamento no início de dezembro.

Como funcionará a Área Azul em Tubarão
• O sistema é composto por parquímetros, detectores de presença, uma central e palmtops.
• Haverá um parquímetro para cada duas vagas. O equipamento tem 1,10 metro de altura e ficará a 30 centímetros do meio-fio.
• Quando um veículo é estacionado, o detector de presença emite um sinal para o parquímetro e para a Central de Operações da Área Azul, localizada na rua Lauro Müller (ao lado da lotérica Ponto da Sorte). Haverá um tempo limite, ainda a ser determinado pela prefeitura, para o cartão ser inserido na máquina.
• Depois de colocar o cartão, o parquímetro emitirá um som e acenderá uma luz vermelha, que sinaliza a ocupação da vaga. Quando isso ocorrer, o usuário retira o cartão e o cronômetro começa a correr.
• Quando retornar à vaga, o cartão deve ser novamente colocado no parquímetro para parar o cronômetro. O desconto do tempo de permanência é feito automaticamente.
• Se houver alguma irregularidade, a central enviará um alerta para palmtop que estará com um guarda municipal. Todos os dias será gerado um relatório dos estacionamentos e enviado à Central de Operações.
• Cada cartão custará R$ 3,50. Todos serão obrigados a adquirir o cartão, que poderá ser comprado nos 200 pontos de venda espalhados por Tubarão ou de um monitor que, além de fazer a recarga do cartão, também venderá créditos.
• A recarga do cartão também poderá ser feita pela internet, no site www.estacionamentofacil.com. No futuro, também será feita via telefone.