Tubarão

O Tribunal de Justiça continuará a analisar denúncias que envolvem o vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan (foto). A decisão foi tomada na tarde de ontem pela assembleia legislativa, com 37 votos favoráveis. Na sessão, três deputados não compareceram.

O TJ tinha pedido autorização para continuar a análise do caso que envolve Pavan. O vice-governador foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de corrupção passiva, advocacia administrativa e quebra de sigilo funcional. O processo teve origem após acusações de que Pavan teria intercedido para beneficiar uma empresa suspeita de sonegação fiscal.

A oposição também mantinha um consenso para que o TJ analisasse as denúncias contra o ex-governador. Outro processo que envolve Pavan é o pedido de impeachment protocolado pelo PSOL. A matéria já foi arquivada na semana passada pelo ex-presidente Jorginho Mello (PSDB).